Portal do Programa de Oncobiologia

Programa interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão em biologia do câncer

Biologia do Gliomas - Interações das células tumorais com o parênquima - um estudo translacional.

Coordenador: Vivaldo Moura Neto

Equipe:
Pós-Doutores:
Luiz Gustavo Dubois
Juliana Coelho Aguiar
Luiz Gustavo Dubois
Tania Cristina Leite de Sampaio e Spohr

Pós-Doutorandos:
Valéria Ferrer
Vanessa Muller

Doutorandos:
Carla Veríssimo
Caroline Wanjiru
Diana Matias
Joana Balça-Silva
Lucy Macharia

Mestrandos:
Gabriela Carballo
Jessica Honorato
Luciane Rosario

A equipe do Professor Vivaldo Moura Neto, do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IECPN), estuda os tumores de origem cerebral. O glioblastoma (GBM), tumor mais comum e agressivo do sistema nervoso central, é o principal interesse do grupo. Estes tumores são extremamente resistentes às terapias convencionais fazendo com que os pacientes acometidos por esta doença não sobrevivam mais do que dois anos após o diagnóstico. Atualmente, acredita-se que a resistência observada nestes tumores é consequência direta da presença de uma população de células tumorais especiais, conhecidas como células tronco tumorais. No laboratório de Biomedicina do Cérebro (LBMC), a equipe do Prof. Vivaldo pesquisa a relação entre estas células tronco tumorais com o ambiente cerebral e como as células normais do cérebro influenciam - e são influenciadas - pelo tumor em desenvolvimento. Além dos GBMs, o cérebro também pode ser acometido por tumores que fazem metástase, como o de mama que invadem agressivamente o cérebro. O laboratório pesquisa como o cérebro “recebe” e “reage” à instalação de metástases como tumor de mama, comparativamente, a como reage ao tumor de origem cerebral, como o glioblastoma.

Para contato com a equipe, e-mail: vivaldomouraneto@gmail.com

design manuela roitman | programação e implementação corbata