Portal do Programa de Oncobiologia

Programa interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão em biologia do câncer

Fundação do Câncer inaugura hospital e investe em pesquisa

Claudia Jurberg
 
O Hospital Fundação do Câncer foi inaugurado no dia 29 de maio, no bairro do Méier, na zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Especializada em oncologia, a unidade terá capacidade para realizar cerca de seis mil consultas, sete mil exames de diagnóstico e 420 cirurgias por mês. Para dar conta de todo esse atendimento, o hospital possui quatro salas cirúrgicas, 14 consultórios e mais de 80 leitos. Além dos atendimentos em consultórios, exames rotineiros e cirurgias, o hospital Fundação do Câncer contará com serviços de Day Clinic, pronto atendimento 24 horas, agência transfusional e um setor de cuidados paliativos.
 
O diretor da nova unidade é o cirurgião oncológico e mastologista Carlos Frederico Lima. Para ele, o importante é ter uma linha completa de atendimento à doença e tanto os pacientes como os familiares merecem ser bem tratados. “Vamos oferecer um atendimento mais acolhedor, buscando sempre a excelência no tratamento oncológico no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil”, afirmou Carlos Frederico.
 
Idealizador desse projeto há muitos anos, o presidente do Conselho de Curadores da Fundação do Câncer e coordenador do Programa de Oncobiologia da UFRJ, Dr. Marcos Fernando de Oliveira Moraes, complementa e reafirma aquilo que sempre foi sua inspiração no dia a dia, desde os tempos em que foi Diretor do Instituto Nacional de Câncer: 
 
- O Hospital Fundação do Câncer nasce com a filosofia de ofertar atenção oncológica integrada, aliando tecnologia de ponta e humanização dos serviços. Acreditamos em uma medicina que reaproxima os médicos dos pacientes. 
 
Homenageado durante a cerimônia de abertura, Dr. Marcos recebeu das mãos de sua secretária há 30 anos, D. Rosani Pessôa e do Diretor Presidente da Fundação do Câncer, Peter Byrd Rodenbeck, uma placa.
 
A atuação da Fundação do Câncer no controle da doença no país, nos últimos 25 anos, foi um dos destaques que permearam os discursos de todos, incluindo os investimentos em pesquisa e ensino e as parcerias com o Programa de Oncobiologia da UFRJ, o Instituto Nacional de Câncer e o treinamento de recursos humanos para a área oncológica, formando profissionais para este país, disse Luiz Augusto Maltoni Jr., diretor executivo da Fundação do Câncer. Segundo ele, agora chegou o momento dos investimentos também em uma assistência diferenciada, olhando para o futuro da oncologia.
 
 
Cerimônia de inauguração do Hospital da Fundação do Câncer, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Dr. Marcos Moraes (centro) ao lado de D. Rosani Pessôa, Carlos Frederico Lima, Peter Byrd e Luiz Augusto Maltoni Jr. 

design manuela roitman | programação e implementação corbata