Portal do Programa de Oncobiologia

Programa interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão em biologia do câncer

Veja o que saiu na mídia sobre câncer

Câncer de próstata é tratado com ultra-som no R. Unido

EFE - 02/07/2009

Dois hospitais britânicos puseram em prática um tratamento pioneiro do câncer de próstata com ultra-sons, o que evita as intervenções cirúrgicas.

Os doentes recebem anestesia geral e são submetidos a ultra-sons de alta intensidade, que geram temperaturas de entre 80 e 90 graus centímetros e matam com precisão as células cancerosas.

O novo tratamento foi utilizado em 172 pacientes do sexo masculino, e 78% deles puderam voltar para casa cinco horas depois do tratamento, informa hoje o "British Journal of Câncer".

Além disso, 159 desses pacientes foram examinados um ano mais tarde, e em 92% dos casos não foi detectado nenhum novo sinal da doença.

O tratamento aconteceu no University College Hospital e no Princess Grace Hospital, ambos de Londres.

Mais informações:

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/07/02/cancer+de+prostata+e+tratado+com+ultra+som+no+runido+7071922.html

 

Quase 40% dos cânceres de rim são descobertos tarde, diz pesquisa

Folha de S.Paulo, por Fernanda Bassette – 09/07/2009

Quase 40% dos casos de câncer de rim são diagnosticados quando o tumor está nos estágios 3 ou 4, considerados avançados e com poucas chances de cura, aponta o Encare (Estudo Nacional sobre o Câncer Renal) -primeiro levantamento do gênero, realizado pela SBU (Sociedade Brasileira de Urologia).

O Encare analisou dados de 50 centros do país e de 526 pacientes em tratamento. Os resultados mostram que, apesar de 61,6% dos doentes terem descoberto a doença quando o tumor ainda estava nos estágios 1 ou 2 (quando há maior chance de cura), 73% deles receberam o diagnóstico depois de passar por um ultrassom abdominal por outro motivo.

Mais informações:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/noticias/ult263u592858.shtml  

 

Um terço dos casos de câncer detectados por mamografias pode ser inofensivo, diz pesquisa

BBC Brasil – 10/07/2009

Uma pesquisa feita com dados de cinco países concluiu que um em cada três casos de câncer de mama detectados por mamografias pode ser inofensivo, não exigindo o tipo de tratamento destinado a casos de câncer que ameaçam a vida das pacientes.

O estudo do centro Nordic Cochrane, na Dinamarca, analisou informações sobre mulheres de Grã-Bretanha, Austrália, Canadá, Noruega e Suécia que se submeteram aos exames.

A mamografia detecta a ocorrência do câncer no tecido mamário, mas não estabelece seu grau de ameaça à saúde. Nem todos os casos da doença representam ameaça imediata à vida - alguns tumores encolhem e outros podem permanecer dormentes, por exemplo.

Mais informações:

http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2009/07/090710_cancermama_rc.shtml  

 

Projetos para o Inca se valem dos computadores, da internet e dos celulares para entender e combater melhor o câncer

O Globo, por André Machado – 13/07/2009

Quatro projetos envolvendo alta tecnologia no combate e no controle do câncer estão em andamento no Rio e no Brasil. E, ao contrário do que possa parecer, trata-se de projetos de âmbito público, não privado, todos a cargo da Fundação do Câncer, que desenvolve as iniciativas para apoiar o Inca (Instituto Nacional de Câncer), hospital de referência na área, na Praça da Cruz Vermelha.

O primeiro projeto é o desenvolvimento de um sistema para unificar as informações sobre os exames - e consequentemente diagnósticos - do câncer de mama no país. A Fundação trabalha para reunir três diferentes coleções de dados numa só, explica Zina Pinheiro, gerente de informática da Fundação e responsável pelos sistemas ligados à prevenção do câncer.

- Nossa ideia é mudar completamente o perfil de mamografias no Brasil - explica Zina. - No mês passado, foi lançado o SisMama (Sistema de Informação do Câncer de Mama). Juntando a ele dados do Colégio Brasileiro de Radiologia, estamos reunindo informações sobre onde e por que profissional o exame foi feito, além da quantidade e do tipo de laudo resultante.

Todos esses dados vão entrar num sistema de "business intelligence" para facilitar a análise e as tomadas de decisão sobre o câncer de mama.

- Com isso, os gestores da Saúde poderão avaliar melhor a qualidade das mamografias feitas no país - diz Zina. - Em seis meses, teremos um grande acervo de informações que permitirá uma análise bem abrangente.

Mais informações:

http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/07/13/projetos-para-inca-se-valem-dos-computadores-da-internet-dos-celulares-para-entender-combater-melhor-cancer-756790518.asp  

 

Livro desmitifica o câncer, discute tratamentos e chances de cura

Informações da Folha Online

Em "O Câncer", da Publifolha, o professor Riad Naim Younes desvenda o funcionamento da doença e revela como a desinformação contribui para a mitificação negativa e o desespero que rondam o diagnóstico.

Ganham espaço no livro as formas de tratamento, as chances de cura, os tratamentos alternativos e as perspectivas de pesquisa, além da explicação clara dos principais termos usados quando se fala da doença.

"O Câncer"

Autor: Riad Naim Younes

Editora: Publifolha

Páginas: 96

Quanto: R$ 18,90

Mais informações: http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u351968.shtml

design manuela roitman | programação e implementação corbata